Tipos de ferraduras

Tipos de ferraduras

Mensagempor Filipa em Qui Abr 03, 2008 9:39 pm

Lembrei-me que se poderia abrir um tópico em que se falasse de cada tipo diferente de ferradura, individualmente, referindo:

-sua morfologia,
-sua aplicação e para que situações estão indicadas,
-materiais em que são feitas,
-vantagens e desvantagens
-aspctos relevantes,
-curiosidades sobre ela, como a história, data do surgimento, quem a desenhou, etc...

da minha parte já ando a pesquisar :D
Filipa Fernandes
Avatar do usuário
Filipa
 
Mensagens: 6198
Registrado em: Sáb Fev 16, 2008 1:08 am
Localização: Coimbra

Mensagempor mimipinto em Qui Abr 03, 2008 9:45 pm

Métodos de Ferração:

O cavalo pode ser ferrado de dois modos: a frio ou a quente. Na ferração a frio a medida das ferraduras é a mesma da do casco, podendo o ferrador fazer alguns acertos na sus forma. Apesar destas ferraduras não ficarem tão perfeitas como as acertadas a quente, um cavalo bem ferrado a frio fica melhor servido do que um mal ferrado a quente. Na ferração a quente a ferradura, previamente aquecida é encostada ao casco; as desigualdades do corte do casco que necessitam ser corrigidas antes de colocada a ferradura são reveladas pela área chamuscada. Esta parte do casco pode ser queimada e pregada sem que o cavalo se magoe pois não possui nervos.

Tipos de Ferraduras:

O material geralmente utilizado nas ferraduras é o aço, no entanto podem ser feitas de outros matérias: de alumínio (usadas nos cavalos de corrida dado que são mais leves); de plástico aderente (para cavalos que não suportam os cravos). Existem também ferraduras ortopédicas ou cirúrgicas utilizadas em casos de laminite e de doença do navicular.

As ferraduras de metal são mantidas no lugar por placas triangulares – os arpões. Nas ferraduras das mãos é utilizado um único arpão no meio à frente; as dos pés têm dois nos quartos. Os arpões dos quartos evitam que a ferradura se desloque para os lados, permitindo que o ferrador corte mais o casco à frente e recue um pouco a ferradura no casco; isto evita que o cavalo bata com o pé na mão do mesmo lado.

Pitons ou Rompões:

Os pitons são colocados nas ferraduras para dar uma maior aderência. São enroscados em buracos que são feitos nos talões das ferraduras podendo ter várias formas: em bico para um piso duro e, para piso mole forma quadrada. Quando o cavalo não está a trabalhar, os pitons devem ser retirados e os orifícios devem ser preenchidos com um tampão próprio ou com algodão.

in http://mamacavalo.nireblog.com/post/2008/01/15/ferracao
Uma coisa pensa o cavalo... Outra quem está a montá-lo!
Avatar do usuário
mimipinto
 
Mensagens: 921
Registrado em: Sáb Fev 16, 2008 8:10 pm
Localização: Figueira da Foz-Coimbra

Mensagempor mimipinto em Qui Abr 03, 2008 9:49 pm

O último ferrador de Salvaterra

O peso da idade e a dureza do ofício poderá fazer com que o único ferrador de Salvaterra de Magos deixe brevemente o ofício que abraçou durante mais de meio século.

Chama-se Manuel Santos Ferreira, tem 70 anos de idade e é o único ferrador vivo de Salvaterra de Magos. Todos os seus colegas de profissão já morreram, por isso, quando alguém quer ferrar algum cavalo à moda antiga, não hesita em bater-lhe à porta. O mestre Manel ferrador, como é conhecido na terra, tem trabalho todas as semanas. Os biscates são um complemento para a sua mísera reforma. Sempre que lhe fazem perguntas sobre o ofício que exerceu durante mais de meio século, diz que o trabalho de ferrador não é fácil, principalmente para uma pessoa da sua idade.

Tinha 13 anos de idade quando começou como aprendiz junto de um grande ferrador de Salvaterra de Magos. Daí a começar a ferrar cavalos foi um abrir e fechar de olhos. Até porque desde pequeno que dizia à família que queria ser ferrador ou correeiro. Hoje na arte já se ganha algum dinheiro. Colocar umas ferraduras num cavalo pode custar 50 euros. Mas, naquele tempo, ganhava-se apenas 28 escudos. Era uma miséria, recorda o mestre.

Tudo evoluiu, e até nesta profissão as coisas mudaram bastante. Agora tudo é feito à máquina. No seu tempo, tinha de fazer as ferraduras à mão. Conta que davam muito trabalho Mas essas eram mais completas, porque podia-se corrigir com mais facilidade algum defeito que os cavalos, as éguas, as mulas ou os burros tivessem nas mãos ou nos pés, adianta.

Sempre que é chamado, leva consigo o seu estojo de trabalho. Lá dentro encontram-se os utensílios indispensáveis à sua tarefa: o martelo, a lima, a grosa para desbastar o casco, a turquês para retirar os cravos (pregos) e a faca de arrebites para desarrebitar os cravos e retirar as ferraduras velhas. Caso o animal seja colaborante, consegue-se fazer todo o trabalho sozinho, e colocar as quatro ferraduras numa hora. No entanto, hoje em dia, e devido ao peso da idade, chega a levar mais algum tempo. Manuel Santos Ferreira costuma pedir ajuda a duas pessoas. Já não tem idade para suportar os puxões e a força que os animais exercem durante a colocação das ferraduras. Questionado sobre o perigo da profissão, o mestre Manuel apressou-se a indicar o sítio onde, há trinta anos, levou um coice de uma mula. “Ainda hoje me dói bastante as costas. O animal ia-me matando”, acrescentou.

Em mais de 50 anos de ofício, o mestre Manuel colocou ferros em mais de mil animais. Tem trabalhos espalhados pelo mundo fora. Muitos cavalos de toureio cujas ferraduras foram colocadas por si estão hoje na Colômbia e em França. Durante muitos anos, foi o responsável pela colocação das ferraduras nos cavalos do cavaleiro David Ribeiro Telles. Conta que foi um trabalho que gostou muito de fazer. “Colocar ferros em cavalos de toureio é um trabalho muito minucioso. E eu gosto de fazer as coisas bem feitas”, adianta.

Mas o mestre Manel não se limitou apenas à colocação de ferraduras. Era muita vez chamado para capar cavalos. “Agora tudo é feito pelos veterinários, mas naquela altura eram pessoas como eu que tinham de capar os animais”. O cavalo era deitado e, sem anestesia, era capado. Chegou a capar 10 cavalos por dia. Era doloroso, mas os cavalos aguentam bem, afirma. Passados 15 dias, o local já cicatrizou e o cavalo já tem um comportamento normal.

A profissão de ferrador, pelo menos nos moldes antigos, está em vias de extinção. Os jovens já não se interessam pelo ofício. É pesado e perigoso e afasta até os mais valentes. Manuel Ferreira diz que, de vez em quando, ouve falar que fechou mais uma oficina de ferrador. “Fecham umas atrás das outras. Só em Almeirim, existiam oito. Hoje já só há uma”. A explicação é simples. É que os proprietários dos animais deixaram de chamar os ferradores. Como quase todos já têm transporte para os animais, preferem ir aos picadeiros fazer o trabalho.

in http://semanal.omirante.pt/index.asp?id ... on=noticia
Uma coisa pensa o cavalo... Outra quem está a montá-lo!
Avatar do usuário
mimipinto
 
Mensagens: 921
Registrado em: Sáb Fev 16, 2008 8:10 pm
Localização: Figueira da Foz-Coimbra

Mensagempor Filipa em Qui Abr 03, 2008 10:17 pm

Tipos de ferraduras:

Ferradura Lisa:

-sua morfologia - é uma barra de ferro moldada à forma do casco, furada dos lados. Normalmente, ou pelo menos, deveria ter três furos do lado de dentro e quatro do lado de fora. Tem um arpão triangular na zona da pinça, para fazer com que a ferradura não saia do seu lugar e escorregue;

-sua aplicação e para que situações estão indicadas - aplica-se na maioria dos cavalos, pelo menos do que não têm cascos diferentes do normal. São as ferraduras mais indicadas para um trabalho ligeiro, em que o cavalo não esteja sujeito a desequilíbrios e situações constantes em que possa escorregar ou alcançar-se com muita frequência;

-materiais em que são feitas - o aço é o material mais usado;

-vantagens e desvantagens - a vantagem é que são simples, fáceis de encontrar e aplicar e bastante resistente...são assim como que umas multi-funções.
As desvantagens passam por poderem ser muito pesadas e atrapalhar a prestação do cavalo, não evitarem escorregadelas e que o cavalo se alcance...podendo ele cortar-se nela.

-aspctos relevantes - (não encontrei nenhum)

-curiosidades sobre ela, como a história, data do surgimento, quem a desenhou, etc... - sei que são as mais antigas e que já vêm
dos povos mais primitivos da pré idade média, mas não tenho a certeza
Filipa Fernandes
Avatar do usuário
Filipa
 
Mensagens: 6198
Registrado em: Sáb Fev 16, 2008 1:08 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Jorge Magalhães em Sex Abr 04, 2008 10:07 pm

Filipa por aqui as ferraduras em aço não aparecem, só em ferro ou aluminio e julgo dificil usar em aço pois inviabiliza o ferrar a frio
Saudações

Jorge Magalhães
Avatar do usuário
Jorge Magalhães
 
Mensagens: 2247
Registrado em: Qui Fev 14, 2008 9:53 pm
Localização: Casal do Rodo- Alvorninha

Mensagempor Filipa em Sex Abr 04, 2008 10:10 pm

pois...sabe que o meu conhecimento ainda é pouco, ainda mais no que toca a ferração, e como a fonte que consultei é inglesa, quando compus a informação recolhida, percebi ser aço o mais usado...mas em inglaterra a ferração é quase toda feita a quente, não é?
Filipa Fernandes
Avatar do usuário
Filipa
 
Mensagens: 6198
Registrado em: Sáb Fev 16, 2008 1:08 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Jorge Magalhães em Sex Abr 04, 2008 10:33 pm

A Madrinha do meu futuro poldro não pode nem deve tratar o compadre por você :wink: Atina lá :lol:
Saudações

Jorge Magalhães
Avatar do usuário
Jorge Magalhães
 
Mensagens: 2247
Registrado em: Qui Fev 14, 2008 9:53 pm
Localização: Casal do Rodo- Alvorninha

Mensagempor Filipa em Sex Abr 04, 2008 10:42 pm

Oh Jorge, então que venha lá o "tu"! :D

Já viste o meu traje novo? diz lá de tua justiça e vê se tá a gosto para ir à Golegã :D
Filipa Fernandes
Avatar do usuário
Filipa
 
Mensagens: 6198
Registrado em: Sáb Fev 16, 2008 1:08 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Jorge Magalhães em Sex Abr 04, 2008 10:46 pm

Não só tá a gosto como vais arrazar o Arneiro :lol: E já tá confirmado a Xicara lá vai estar parida e tudo :D E já comentei a tua foto e repito linda a minha comadre :D
Saudações

Jorge Magalhães
Avatar do usuário
Jorge Magalhães
 
Mensagens: 2247
Registrado em: Qui Fev 14, 2008 9:53 pm
Localização: Casal do Rodo- Alvorninha

Mensagempor Filipa em Sex Abr 04, 2008 10:51 pm

que bom...a Xicarazinha deve estar a ficar mesmo linda, com olhar de mamã... :D

Oh Jorge, não tens nenhuma foto dela que me possas mandar? :)

Ye...vou arrasar na Golegã com os meus punhos de camisa super extraordinários e a pose super contente :D ...sem esuqecer a minha beleza inconfundível :lol:
Filipa Fernandes
Avatar do usuário
Filipa
 
Mensagens: 6198
Registrado em: Sáb Fev 16, 2008 1:08 am
Localização: Coimbra

Mensagempor Jorge Magalhães em Sex Abr 04, 2008 10:55 pm

Agora tramaste-me vou dizer a verdade : não só não sei por aqui fotos, como tb não sei lá mt bem passá-las de umas pastas para as outras :oops: mas este fim de semana tenho cá os sobrinhos todos e vou tratar disso :D
Saudações

Jorge Magalhães
Avatar do usuário
Jorge Magalhães
 
Mensagens: 2247
Registrado em: Qui Fev 14, 2008 9:53 pm
Localização: Casal do Rodo- Alvorninha

Mensagempor Patrícia Monteiro em Seg Abr 07, 2008 12:53 am

Filipa,

Gosto mesmo de te ver assim "miuda"!
Saudações Marialvas

Patrícia Monteiro
Avatar do usuário
Patrícia Monteiro
 
Mensagens: 2418
Registrado em: Ter Fev 19, 2008 2:50 pm
Localização: Porto/Maia

Mensagempor Rui NS em Seg Abr 07, 2008 12:58 am

Filipa, cuidado com os punhos não são muito típicos.
Cumprimentos,

Rui NS
Avatar do usuário
Rui NS
 
Mensagens: 918
Registrado em: Seg Mar 17, 2008 4:13 pm
Localização: Lisboa\Águas de Moura

Mensagempor Patrícia Monteiro em Seg Abr 07, 2008 1:00 am

E já que falamos em cuidado com os punhos... Só tens essa camisa? Prepara-te para à noite teres de lavar os punhos e o colarinho para deixares a secar para o dia seguinte! :lol: :wink:
Saudações Marialvas

Patrícia Monteiro
Avatar do usuário
Patrícia Monteiro
 
Mensagens: 2418
Registrado em: Ter Fev 19, 2008 2:50 pm
Localização: Porto/Maia

Mensagempor Rui NS em Seg Abr 07, 2008 1:03 am

Como é que pode lavar?

Vai precisar da camisa para sair a Golegã não dorme.
Cumprimentos,

Rui NS
Avatar do usuário
Rui NS
 
Mensagens: 918
Registrado em: Seg Mar 17, 2008 4:13 pm
Localização: Lisboa\Águas de Moura

Próximo

Voltar para FERRAÇÃO

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron